Páginas

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

TALVEZ VOCE NÃO SABIA...

*A palavra Bíblia vem do grego, através do latim, e significa: livros
*A Bíblia já foi traduzida por mais de 1500 línguas e dialetos.
*No ano de 1250 o cardeal Caro dividiu a Bíblia em capítulos, que foram divididos em versículos no ano de 1550, por Robert Stevens.
*A Bíblia inteira foi escrita num período que abrange mais de 1600 anos.
*É uma obra de cerca de 40 autores, das mais variadas profissões: de humildes agricultores, pescadores até renomados reis.
*O Antigo Testamento foi escrito em hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico.
*O Novo Testamento foi escrito em grego.
*O Codex Vaticanus é provavelmente o mais antigo exemplar da Bíblia em forma completa.
*A primeira tradução completa da Bíblia para o inglês foi feita por Wycliffe, em 1380.
*Martinho Lutero foi o primeiro tradutor da Bíblia para a língua do povo alemão.
*Na biblioteca da Universidade de Gottingen, Alemanha, existe uma Bíblia que foi escrita em 470 folhas de palmeira.
*O Livro mais antigo da Bíblia não é o Gênesis, mas Jô. Acredita-se que foi escrito por Moisés, quando esteve no deserto.
*O primeiro Salmo encontra-se em II Samuel 1:19-27, uma elegia de Davi em memória de Saul e seu filho Jônatas.
*A Bíblia contém 1189 capítulos e 31102 versículos.
*Ester 8:9 é o maior versículo da Bíblia.
*No livro de Ester e no livro de Cantares não se encontra a palavra Deus.
*O Antigo Testamento termina com uma maldição, e o Novo Testamento termina com uma benção.
*O último livro da Bíblia a ser escrito foi III São João.
*Há 3573 promessas na Bíblia.
*O livro de Isaías assemelha-se a uma pequena Bíblia: contém 66 capítulos; os primeiros 39 falam da história passada, e os 27 restantes apresentam promessas do futuro.
*Dos quatro evangelistas só dois andaram com Jesus; Marcos e Lucas não foram seus discípulos.
*Todos os versos do Salmo 136 terminam com o mesmo estribilho: "Porque a Sua misericórdia dura para sempre."
*O profeta que veio depois de Malaquias foi João Batista.
*Judas foi o único dos doze apóstolos que não era Galileu.
*João era o discípulo mais jovem dos doze.
*Os versículos 8, 15, 21 e 31 do Salmo 107 são iguais.
*Matusalém, o homem mais velho da Bíblia, morreu antes de seu pai, Enoque, que ascendeu ao Céu.
*Ló era o pai de Moabe e Bem-ami, e também o avô dos dois porque "as duas filhas de Ló conceberam do próprio pai". (Genesis 19:36-38)
*42 mil pessoas perderam a sua vida por não saberem pronunciar a palavra Shiboleth. (Juízes 12:5, 6)
*Adão não teve sogra.
*A única idade de mulher que se menciona na Bíblia é a de Sara (Gênesis 23:1)
*A primeira cirurgia foi realizada por Deus, quando tirou uma costela de Adão. (Gên. 2:21,22)
*Além de Jesus, Elias e Moisés foram os únicos homens que jejuaram 40 dias e 40 noites. (I Reis 19:8 e Deuteronomio 9:9)
*A arca de Noé tinha três andares. (Gênesis 6:16)
*O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia, é um acróstico. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras do alfabeto hebraico.
*Em Gate houve um homem de grande estatura, que tinha 6 dedos em cada mão e em cada pé. (II Samuel 21:20)
*Elias teve o privilégio de comer uma refeição preparada por um anjo.
*Existem muitos dados curiosos relativos às estatísticas bíblicas. Um dos números que mais aparece na Bíblia é o 7. Entre os Hebreus este número era considerado sagrado e símbolo da perfeição.
*Noé tinha 600 anos quando terminou a arca.
*O sábio Salomão deixou mais de três mil provérbios.
*A operação matemática mais rendosa foi efetuada por Jesus quando multiplicou 5 pães e 2 peixes para alimentar a mais de cinco mil pessoas e ainda sobraram 12 cestos cheios.
*Talento era uma moeda grega que valia o equivalente a uns mil e quinhentos dólares.
*Judas vendeu a Jesus por 30 moedas de prata, equivalentes a uns 20 dólares.
*Calcula-se que o presente que Naamã ofereceu a Eliseu, do qual Geazi finalmente se apropriou, equivalia a uns 48.000 dólares.
* Tiago, filho de Zebedeu, foi o primeiro dos apóstolos a morrer por sua fé. Foi decapitado a espada por ordem do rei Herodes Agripa I, por volta do ano 44 de nossa era.
* Paulo, o grande apóstolo dos gentios, foi decapitado em Roma por ordem do tirano Nero.
* Em I Samuel 17:18, o queijo é mencionado pela primeira vez na Bíblia.
* Em juízes 14:18 encontramos um dos exemplos mais antigos de enigma.
* Dois reis dos Amorreus foram postos em fuga por vespões.
* A última cidade mencionada na Bíblia é a cidade santa. (Apocalipse 22:19)
* Salmo 117 é o capítulo mais curto da Bíblia
* Salmo 118 é o capítulo que está no centro da Bíblia. Há 594 capítulos antes e depois do Salmo 118
* O Versículo que se encontra no centro da Bíblia está em Salmo 118:8

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Quando Sou Fraco, Então é que Sou Forte (2 Corintios 12.10)

Celebremos a bênção da nossa fraqueza. Ela nos impulsiona à suficiência de Deus na cruz de Cristo e faz com que a única explicação pelas nossas vidas seja o poder dEle: “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao Teu nome dá glória (Salmo 115.1)! Ela nos lembra de que essa terra não é nosso destino final (Romanos 8.18, 2 Corintios 4.17). E transforma-nos em instrumentos da Sua graça, vasos quebrados, mas que revelam a excelência do Seu poder (2 Corintios 1.3-6). 

- Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus (Mateus 5.3) 

- Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra (Mateus 5.5) 

- Pois Ele conhece a nossa estrutura, e sabe que somos pó (Salmo 103.14) 

- Não que por nós mesmos sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus (2 Corintios 3.5) 

Obrigado, Senhor, pela fragilidade humana. Quando sou fraco, então é que sou forte (2 Corintios 12.10)!

sexta-feira, 21 de julho de 2017

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Qual é a sua impressão?


Impressão digital (tecnicamente datilograma ou dermatoglifo) é o desenho formado pelas papilas (elevações da pele), presentes nas polpas dos dedos das mãos, deixado em uma superfície lisa. As impressões digitais são únicas em cada indivíduo, sendo distintas inclusive entre gêmeos univitelinos. Tal característica, chamada unicidade, as faz serem utilizadas como forma de identificação de pessoas há séculos.

As papilas são formadas durante a gestação e acompanham a pessoa até a morte, sem apresentar mudanças significativas. Esta propriedade é conhecida como imutabilidade.

A impressão digital apresenta pontos característicos e formações que permitem a um perito ou um papiloscopista identificar uma pessoa de forma bastante confiável.

Tal comparação é também feita por sistemas computadorizados, os chamados sistemas AFIS (Automated Fingerprint Identification System, Sistema de Identificação Automatizada de Impressão Digital).

Cada pessoa na face da terra tem uma individualização em sua impressão e quando falamos do reino espiritual não é diferente.

Temos, em Cristo, uma "impressão espiritual" que nos faz conhecidos como filhos de Deus, como Seus servos e herdeiros do céus.

Tal impressão não é lida por máquinas ou analisadas por especialistas, ela só reconhecida por Deus, Jesus, o Espírito Santo, anjos, Satanás e seus demônios.

Ela é o seu sinal individual de ligação com Deus, te dá passaporte para o céu e faz o inferno tremer diante da autoridade que ela te concede.

Valorize sua impressão, pois ela te valoriza!

terça-feira, 18 de julho de 2017

ORIGENS DA MUSICA


A música é um agente potencializador
dentro da adoração.
"E o nome do seu irmão era Jubal; este foi o pai de todos os que tocam harpa e órgão."
Gênesis 4.21

Jubal é citado como o pai dos primeiros instrumentistas musicais, fato que registra a manifestação da música desde o início da humanidade. O fato de Jubal ter sido filho de um homem (Lameque) que tomou duas mulheres para si não ofuscou a compreensão nem o transporta de uma manifestação celeste, que é a música, para o mundo dos pecadores. Ao contrário das teses que argumentam que a música é fruto das experiências do homem primitivo e de suas descobertas, a narrativa de Gênesis sugere uma base para estas manifestação através de Jubal, e isso nos leva a refletir: qual foi o referencial que Jubal utilizou para construir a primeira harpa e a primeira flauta? Teria ele "se inspirado" na música que cerca o Deus vivo nas expressões de adoração daqueles seres que o louvam?" [1]
O homem foi criado com todos os aparatos para adoração, mas não foram todos eles manifestos sem a intervenção divina. O fato do termo inventar ser atribuído não tira Deus de cena, vejamos, Deus cria o homem para adora-Lo em decorrência dos eventos celestes pré-Criação.

O homem vem dia após dia sendo dotado do Espírito de Deus, se na revelação das coisas no Gênesis, na liberação de conhecimento a Salomão, como no revestimento do Espírito Santo da Igreja.

Deus no momento oportuno colocou a música no cenário humano, sabendo Ele que a mesma teria profunda ação no íntimo do ser humano. Balançamos a cabeça e batemos o pé quase que automaticamente ao ouvirmos uma música. Somos seres musicais.

A música é um importante instrumento de adoração, mas só ela não é adoração. A adoração e o louvor não começam nas notas musicais, nos acordes e dissonâncias, eles começam na vida o instrumentista e do cantor. É aí que muitos se enganam.

Uma bela música não é adoração, mas uma adoração pode vir a serem uma bela música. A prova disso são os Salmos. Muitos deles eram entoados em forma de cântico nos santuário, nas dificuldades, nas vitórias, nas peregrinações, etc.

A vida individual do adorador é que faz a música, por isso que Jubal não pode ser culpado ou descreditado pelas ações de seu pai, Lameque.

A Bíblia revela vários momentos em que os seres celestiais estão adorando e cantando, o Apocalipse retrata cânticos dos santos e salvos no Senhor. O céu não copiaria as coisas da terra, já que lá as coisas da terra já se passaram.

O fato é que pela Bíblia a música vem do céu por inspiração de Deus ao homens, como uma extensão da adoração dada a Deus pelos anjos agora cedida ao homens.

Referências
[1] Bíblia De Estudo Louvor e Adoração - NTHL

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Expectativas do Fim do Mundo


A Importância das Últimas Coisas
Texto Referência: Lc 21.36

"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem."

Analisemos a proeminência das Ultimas Coisas nas escrituras:
a) Referências claras no Velho Testamento: Jó 19.25,26; Sl 24.7-10; 45.2-4; Is 60.1,2
b) Citações de Jesus: Mt 24.30; 26.64; Lc 11.2; Jo 14.3,18,23,28
c) Afirmações angelicais: At 1.10,11
d) Declarações apostólicas: 1 Co 15.50-58; 1 Ts 4.13-18; Tt 2.13; Jd 14; Apocalipse

Todo o Velho Testamento prepara a Vinda de Jesus, com lances em Sua Segunda Vinda.

Enoque, Noé, Davi prefiguram os últimos dias.
O ofício de Cristo como Rei só se entende à luz da Segunda Vinda.
As Alianças e Dispensações culminam com o fim do mundo.
A Salvação é passado, presente e futuro.
O Batismo simboliza morte, ressurreição, envolvendo os vários tipos e ressurreições e a nova vida aqui e além.
A Ceia prefigura a Vinda de Jesus.
Todo o Novo Testamento interpreta-se à luz do fim.
As Últimas Coisas são a esperança da Igreja (At 23.6; 26.6-8; Rm 8.20,25; 1 Co 15.19; Gl 5.5; Tt 2.13; 1 Pe 1.3; 2 Pe 3.9-13; 1 Jo 3.2,3).

Esta doutrina:
a) Promove Santificação (1 Jo 3.3; 2 Pe 3.11; Mt 25.6,7).
b) Solicita vigilância e perseverança (Mt 24.44; 1 Ts 5.6; Mc 13.36; 1 Jo 2.28).
c) Sustenta o crente nas lutas (Tg 5.7; Hb 10.35-37; 11.26; 2 Tm 2.12; 1 Ts 4.16-18).
d) Estimula o crente ao serviço cristão (Mt 24.45-51; Lc 19.13; 2 Co 5.10,11; 1 Co 3.11-15).
e) Define os alvos do serviço cristão (At 1.8; 15.13-18; Rm 11.22-32).
f) Profere fervoroso apelo de consagração ao serviço de Deus (Rm 13.11,12; 2 Ts 1.7-10).
g) Admoesta os iníquos (2 Ts 1.7-10).

quarta-feira, 21 de junho de 2017

ENAQUE


Os enaquins eram uma raça de gigantes que descendiam de Enaque, filho de Arba, o cananeu que fundou a cidade de Quiriate-Arba (Hebrom). Eles viviam basicamente no sul da Palestina. Os enaquins, fisicamente, eram enormes e aterrorizavam os hebreus (Números 13.33). São descritos como descendentes dos nefilins, os gigantes mitológicos que eram filhos da união de anjos com mulheres (Gênesis 6.4).

A raça de "gigantes" não é necessariamente mitológica. Há muitos exemplos de extremos de tamanho como resultado da seleção genética. A mesma região na África produziu os mbuti, o menor povo do mundo, e os watusi, os mais altos. Quando consideramos que, naqueles dias, a média de altura do ser humano não ficava muito acima de 1,5 metro, então um exército de enaquins, homens musculosos com cerca de 2 metros, seria uma visão amedrontadora.

Apesar de seu medo, o exército de Josué destruiu todos os enaquins, exceto alguns que ficavam no sudoeste da Palestina (Josué 11.21 em diante). Fragmentos de cerâmica egípcia de cerca de 2.000 a.C. confirmam a existência de uma tribo chamada Enaque e cujos príncipes tinham nomes semíticos.